MARACAJÚ

Poucas aberturas para o interior da casa, dando maior intimidade aos moradores. Os lavabos são cilíndricos e importantes elementos constatantes, criando uma visão inesperada e pratica, um deles se localiza no hall de entrada e criando a divisão entre os espaços da sala e do escritório, e outros dois lavabos que suprem a área gourmet e a piscina formando uma torre cilíndrica. A sala de jantar e cozinha são unificadas, ao abrir as portas de vidro que separam a cozinha da varanda, a área de churrasco passa a interagir com o interior da casa, fazendo com que tudo se torne uma grande área Gourmet, ideal para curtir um dia com amigos e família. A casa possui 3 suítes com jardins individuais, separados por tijolos de 21 furos para que a ventilação corra livre no recuo. Elaborada com uma proposta simples e funcional, seguindo as necessidades de seus futuros moradores. O contato com o ambiente externo como varanda e jardins pode ser observado em todos os cômodos da casa, esse projeto é marcado por sua sua materialidade aparente que pode ser observada em cada detalhe, como os tijolos de 21 furos proporcionando iluminação, ventilação e privacidade. A implantação da casa foi feita sem alterar o terreno, que já possuía um muro de arrimo dividindo o lote em dois níveis, com essa condicionante a piscina, jardim e a área de laser e de serviço foram inseridas no nível inferior.O chão das áreas sociais são de cimento queimado e dos quartos com piso de madeira, telhas metálica termoacusticas na cobertura para maior aproveitamento na capitação de águas pluviais e maior leveza das estruturas, vigas de aço nos vãos maiores da cobertura e muros de bloco de concreto aparente. O resultado é uma casa que não possui receio em mostrar sua materialidade pratica e alternativa, livre para demostrar sua personalidade.

Local: Ribeirão Preto SP
Ano: 2015
Área: 310m²